CARRO HíBRIDO PLUG-IN MAIS BARATO DO BRASIL é DA BYD; CONFIRA O TOP 5

Na última terça-feira (19) a BYD trouxe o seu sedan médio chamado por aqui de King, um modelo que tem tanto motor a combustão quanto elétrico. Por isso o foco da chinesa foi destacar sua autonomia, que de fato é bem chamativa. Com os dois motores juntos o carro atinge até 1.200 km (cerca de 25 km/l). Porém com isso a BYD esqueceu de focar em um ponto muito importante para o bolso do consumidor, pois o modelo que é foi o mais vendido na China em sua categoria também é o híbrido plug-in mais barato do Brasil.

VEJA TAMBÉM:

Híbridos plug-in mais baratos do Brasil

Antes do King a BYD já contava com um representante dentre os plug-in, o Song Plus DM-i, SUV que foi atualizado recentemente. Entretanto existem vários outros destes carros de dupla motorização aqui no Brasil e cinco deles foram listados aqui pelo AutoPapo.

BYD King: R$ 175.800

Em primeiro lugar está o já mencionado BYD King. Trazido em duas versões para o Brasil ele parte de R$ 175.800, na de entrada, chamada de GL. Esta possui uma bateria mais singela capaz de 8,3 kWh  e até 1.000 km de autonomia – somada ao motor aspirado de 1.5 L. Já o tipo top de linha é o GS e ele custa R$ 185.800, tem o mesmo propulsor, mas uma “pilha” de 18,3 kWh o que promete 1.200 km.

Na parte estética e dimensões o modelo é como o que se espera de um sedã médio, a não ser pelo banco de trás que por causa da bateria tem o assoalho mais alto e atrapalha quem tem pernas compridas. Por dentro ele tem os pontos positivos de painel e portas com acabamentos em soft touch e um câmbio ao alcance das mãos, diferente dos elétricos Dolphin que possuem um botão perto do multimédia.

GWM Haval H6 PHEV19: R$ R$229.000 – Híbridos plug-in mais baratos do Brasil

O Haval H6 esteve pouco tempo no trono como o híbrido plug-in mais barato do Brasil. Lançado no início do mês, poucos dias antes do King, o SUV chegou ao Brasil com um motor 1.5 turbo a gasolina e um elétrico de 19 kWh capaz de 326 cv e 54 kgfm. Este conjunto garante a ele um aceleração de 0 km/h a 100 km/h em 7,6 segundos.

Seu pacote de equipamentos conta com ar-condicionado de duas zonas, seis airbags, teto solar panorâmico, câmeras com visão de 360°, pacote ADAS, bancos dianteiros com ajuste elétrico e conectividade com aplicativo de smartphone.

Diferente das outras versões, o segundo carro híbrido plug-in mais barato do Brasil tem detalhes em cinza claro nos bancos e na cor cobre no volante e painel.

BYD Song Plus DM-i: R$ R$ 229.800

A BYD retorna para o terceiro lugar dos híbridos plug-in mais baratos do Brasil com o seu SUV Song Plus DM-i. Atualizado a pouco tempo, ele teve um ganho em sua autonomia, mas também no preço.

Na parte ruim para o consumidor ele teve acréscimo de R$ 10.000 se comparado ao 2024, mas em compensação ele agora tem uma bateria de maior capacidade e atinge até 105 km de autonomia com os mesmos 18,3 kWh. A linha 2025 também trouxe novos equipamentos para o BYD Song Plus: central multimídia com tela de 15,6 polegadas (antes eram 12,8 pol.), abertura do carro via cartão NFC ou pelo smartphone e retrovisor eletrocrômico.

CAOA Chery Tiggo 8 PRO Plug-in: Hybrid R$ 239.990 – Híbridos plug-in mais baratos do Brasil

O Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid chegou em 2024 com mexidinha nas cores. Agora ele vêm com uma  opção de verde escuro metálico além dos antigos branco e preto.

Equipado com um motor 1.5 turbo de 147 cv associado a dois módulos elétricos a potência combinada do quarto híbrido plug-in mais barato do Brasil é de 317 cv e 56, kgfm de torque, números que superam a maioria de seus rivais diretos. O conjunto ainda conta com transmissão do tipo CVT, com simulação para 11 marchas.

  • Segundo o Inmetro o Tiggo 8 PRO híbrido é capaz de até 30,3 km/l na cidade e 26,9 km/l na estrada*.

* Eletrificados consomem menos na cidade do que na estrada.

  • O Caoa Chery Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid oferece recursos como assistentes de condução, climatização digital, conectividade, visão 360° fazem parte da lista de conteúdos deste SUV.

GWM H6 PHEV34: R$ 279.000

O Haval H6 PHVE34 é a versão mais bem “carregada” do H6 PHVE19. Com 34 kWh de capacidade ele se difere do seu mais básico também na sua tração, que no 19 é apenas dianteira (com apenas um motor elétrico) e neste é integrado com um propulsor elétrico em cada eixo.

2024-06-21T16:31:44Z dg43tfdfdgfd